A minha história...

A minha história com a VetObjectiv


Em primeiro lugar importa dizer que sou uma pessoa obcecada com a melhoria contínua e com o sucesso e tenho um nível de exigência pessoal exagerado.

Quando iniciei o processo de fundar e, posteriormente, de administrar o hospital Veterinário do atlântico deparei-me com um desafio enorme tendo em conta a minha personalidade. Como gerir os inúmeros desafios que um projeto daquela envergadura acarretava de forma a estar sempre tudo excelente?! Isto, sem ter qualquer formação em gestão, finanças, contabilidade, impostos, direito laboral, estratégia, negociação, etc etc etc.

Como em todos os CAMV todos os dias surgiam "fogos para apagar" e existiam "milhentas" coisas para fazer. Ainda por cima, como muitos têm a noção por experiência própria, numa fase inicial o "dono" acaba por ser pau para toda a obra. Desde problemas com o software, procedimentos não definidos, os primeiros clientes complicados, o medo de as coisas correrem mal, todos os dias eram uma batalha para ganhar.

Graças a uma equipa excelente que me apoiou e se desdobrou para que conseguíssemos implantar o projeto a coisa foi melhorando.

Mas, à medida que o barco crescia, os desafios, riscos e a responsabilidade também aumentavam. Comecei a perceber que a "gestão à vista" não ia ser suficiente para assegurar o bom funcionamento, e as perspectivas de um futuro sólido e eficiente.

Inicialmente tentei sozinho "profissionalizar" a gestão, não resultava... depois arranjei consultores (não há muitos consultores dentro desta área e os disponíveis eram caros e não percebiam muito do negócio da veterinária), não resultava... até que decidi tomar as rédeas da situação e fazer uma pós graduação em gestão de empresas (INDEG_ISCTE). Foi um desafio conciliar o tempo, esforço e energia necessários, com o trabalho no hospital, com uma filha pequena e outra a caminho, mas graças ao apoio da minha melhor metade (a minha mulher) lá superámos mais este desafio.

A verdade é que depois dessa formação as coisas mudaram. Abriram-se novos horizontes, comecei a olhar para as coisas de uma perspetiva diferente, obtive novas ferramentas e novas fontes de conhecimento.

Esta experiência e a entrada nesta nova fase veio também mostrar-me que me sentia bastante confortável e mais realizado a desempenhar este papel do que propriamente de médico veterinário propriamente dito.

Quando surgiu a oportunidade de vender o negócio que tinha criado, após muita reflexão e alguma negociação (fácil graças ao perfil, seriedade, e bom senso dos interessados) acreditei que seria uma oportunidade que não devia perder e decidi avançar.

Sendo uma pessoa que não sabe estar parada comecei de imediato a pensar no que fazer a seguir, tive diferentes experiências e todas me enriqueceram, cada qual à sua maneira, mas nada de muito concreto e que me fizesse sentir realizado.

Por volta dessa altura um colega/amigo desafiou-me para o apoiar na gestão do seu CAMV e, o que começou como uma brincadeira começou a ganhar contornos do que podia ser uma atividade profissional que me fazia sentir realizado, onde podia verdadeiramente criar valor para o mundo e, ainda por cima, ajudar outros colegas a optimizarem os seus negócios e a terem a vida que desejam e merecem.

Assim nasce a VetObjectiv!


Creio que cada vez mais será necessária uma gestão profissional dos CAMV. Num ambiente cada vez mais competitivo, onde as tecnologias mudam o mundo cada vez mais rapidamente, com os desafios que a agregação em grupos irá trazer, entre outros factores, acredito que quem não tiver o seu negócio realmente bem posicionado, com estratégias bem claras para o futuro, com um funcionamento "lean" e otimizado, dificilmente irá vingar.

Qual o futuro?

A minha visão para a VetObjectiv é a de, no futuro, ter uma equipa multidisciplinar nas diferentes áreas da gestão de um negócio nesta área (finanças, marketing, formação, negociação, novas tecnologias, etc), altamente conhecedora dos desafios do negócio da veterinária que possa dar apoio e, eventualmente até substituir-se ao gestor de cada unidade com o objectivo de que os MV donos de CAMV possam ter as suas empresas a funcionar sobre rodas, a prosperar, a crescer e a contribuir para uma vida pessoal mais feliz e não o contrário.

Neste momento o trabalho desenvolvido baseia-se principalmente na definição de estratégias e posicionamento ideais para os objetivos e potencial de cada cliente, identificação de áreas problemáticas nos processos internos com implementação de estratégias de melhoria contínua, apoio no recrutamento e seleção, formação de equipas e transformação pessoal via Coaching.

Fiz questão de partilhar a "short-version" da minha história para esclarecer muitas das questões que me têm sido colocadas relativamente a este projeto e para que fique claro, em primeiro lugar para mim e para o mundo qual é o racional, as motivações e o objetivo deste projeto.

Vemo-nos por aí!

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo